cpf pos partoUm primeiro sorriso enquanto ele dorme. A conexão confirmada no parto, ao sentir o cheiro da mãe. Aquele jeito de dormir, com um suspiro igualzinho o do pai. Quando os filhos chegam ao mundo, nasce também uma mãe e um pai que estarão para sempre ligados àquele pequeno ser humano. Ser responsável por alguém, nunca fez tanto sentido como no instante que pai e mãe ouviram o primeiro choro do bebê logo em seguida do parto. Será assim daqui para frente, a cada suspiro, a cada choro de manha ou de joelho ralado, o choro pelo amor não correspondido, da entrada na faculdade e tantos outros momentos que pais e filhos estarão conectados por laços invisíveis.

Mas essa preocupação deve começar muito antes do nascimento. É essencial que o bem-estar da criança seja pensado desde o início da gestação, preferencialmente planejada, esperada com muito amor e informação. Estudos comprovam que o cuidado que mães e pais dedicam nos primeiros 1000 dias do bebê (270 da gestação + 365 do primeiro ano + 365 do 2º ano) são primordiais para uma vida saudável, mesmo depois de adulto. O mesmo zelo dedicado durante os nove meses devem acontecer nos primeiros dois anos de vida para garantir a vida em abundância.

E isso começa no compromisso com um pré-natal bem feito, com uma alimentação saudável e hábitos de vida saudáveis, como a prática de exercícios e o não consumo de álcool e cigarro, por exemplo. Até mesmo a escolha por um parto sem intervenções desnecessárias pode influenciar na vida que vem por aí.

Para que todas as crianças tenham vida

O primeiro a destacar a importância destes 1000 dias foi o Dr. David Barker, que percebeu que crianças nascidas durante a 1ª Guerra Mundial, cujas mães tiveram uma gestação ameaçada sob os efeitos de uma guerra - alimentação inadequada, stress diário, entre outros problemas -, nasciam com baixo peso e ao longo da vida desenvolviam doenças relacionadas às condições deste período de gravidez e primeiros anos da criança.

Ao longo dos anos, com novas pesquisas e comprovação da importância dessa consciência sobre os 1000 dias, a Pastoral da Criança passou a adotar o conceito entre as crianças e gestantes acompanhadas. Por isso, os líderes comunitários realizam o Mutirão em Busca das Gestantes, a cada três meses em todas as comunidades.

Ciente de sua missão “para que todas as crianças tenham vida”, e compreendendo que essa iniciativa deve chegar a todas as famílias, a Pastoral da Criança, junto com a Rede Globo, lançou a campanha “Toda gestação dura 1000 dias”, com filme na programação, aplicativo para smartphone e vários programas abordando o assunto.

A intenção é que os 1000 dias sejam uma realidade em todos os lares brasileiros, para que todas as crianças possam ter um desenvolvimento saudável e possam vislumbrar um futuro da mesma maneira.

Baixe o aplicativo e receba semanalmente informações sobre o desenvolvimento de seu filho, além de dicas para garantir uma vida saudável e com qualidade desde agora.